Amaury Rodrigues Pinto Junior

Home Membros Amaury Rodrigues Pinto Junior


Cadeira nº 18
Patrono:
José Luiz de Vasconcellos


Nasceu em Curitiba (PR) em 13 de novembro de 1963. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba. Ingressou na magistratura trabalhista como Juiz do Trabalho Substituto do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (DF) em 1989, sendo promo a Juiz Presidente da Junta de Conciliação e Julgamento de Mundo Novo (MS) em 1991 e removido, a pedido, para a 2ª Vara do Trabalho de Campo Grande (MS) em 1992.

Foi promovido, pelo critério de merecimento, ao cargo de Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (MS) em 2001, tendo sido seu Vice-Presidente (2004-2006), Presidente e Corregedor (2006-2008). Foi Coordenador do Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (COLEPRECOR) no período 2007-2008 e Presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 24ª Região – AMATRA-24 (1993-1994). Grão-Mestre do Conselho da Ordem Guaicurus do Mérito Judiciário do Trabalho da 24ª Região (2006-2008), recebeu comendas do Tribunal Superior do Trabalho e Tribunais Regionais do Trabalho da 1ª Região (RJ), 10ª Região (DF), 11ª Região (AM) e 18ª Região (GO).

Foi Diretor da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (MS) nos períodos 2003-2005 e 2011-2012, Membro da Comissão de Ensino a Distância da Escola Nacional da Magistratura – Representante da Região Centro-Oeste (2010-2011) e Membro da 1ª Turma Nacional de Multiplicadores da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

É Professor de Direito Processual Civil, Direito Processual do Trabalho e Direito do Trabalho na Universidade Católica Dom Bosco e na Escola da Associação dos Magistrados do Trabalho da 24ª Região – MS, além de professor e fundador do Centro de Estudos Jurídicos de Mato Grosso do Sul – CEJUR. É doutorando em Direito pela Universidade de São Paulo.


Patrono:
José Luiz de Vasconcellos

Graduou-se pela Faculdade do Largo de São Francisco – USP em 1954. Foi Auxiliar Judiciário no período entre 1950 e 1954, advogado trabalhista entre 1958 e 1961 e Juiz do Trabalho desde 1961, tendo sido promovido para o Tribunal Regional do Trabalho da 2.ª Região, por merecimento, em 1981. Atuou como Juiz Convocado no Tribunal Superior do Trabalho entre 1.º/4/1988 e 30/6/1989. Em 30/11/1989 foi nomeado Ministro do TST, onde atuou até sua aposentadoria em 21/6/2001. Voltou a atuar como advogado trabalhista da jubilação até seu falecimento, em 2/10/2002.

Foi bolsista em Paris, a convite do governo Francês, em cooperação técnica, com certificado de aproveitamento em 1966 e frequentou o Curso de Especialização em Processo Civil na USP(1968-1969), sob a orientação dos professores Alfredo Buzaid e Luiz Eulálio de Bueno Vidigal; Encarregado pela Comissão de Legislação Social da Câmara dos Deputados, em conjunto com o Dr. Wagner D. Giglio, para a elaboração de um projeto de Código de Processo do Trabalho (1969); Foi Membro  da  Comissão  que  reformou  o  Código  de Processo Civil de 1973, a convite de Alfredo Buzaid e em 1978, foi agraciado pela  Sociedade  Geográfica Brasileira,  com  a  medalha  D. Pedro Álvares  Cabral, pelos  estudos  desenvolvidos  no  campo  do  Direito Português;

Em 1977 foi agraciado com a medalha dos Amigos da Marinha, que lhe foi conferida na cidade de Santos-SP; Foi membro de Comissões de ingresso na Magistratura do Trabalho (1980-1988), e compôs,  esporadicamente, quando Ministro do TST, outras bancas examinadoras de concursos da mesma natureza; Foi Professor  da  Cadeira  de  Direito  Processual  Civil  e Chefe  de  Departamento  da  Faculdade  Metropolitana Unidas (FMU-SP) (1970-1980) e Professor de Direito Processual na UNICEUB e UNB; Foi agraciado,  em  1996,  pelos  relevantes  serviços acadêmicos prestados no CEUB e na FMU;- Admitido no grau de Comendador no quadro ordinário da Ordem de Mérito Judiciário do Trabalho; É autor de inúmeras obras relacionadas ao Direito do Trabalho.